O primeiro post é sempre o mais difícil

Não faz muito tempo que tomei o meu café da manhã. O dia está perfeitamente propício para esquentar um pão na torradeira e comê-lo com mel e nata. É um típico clima de outono em Florianópolis que, apesar de não ser tão frio como eu estava acostumado em Erechim, no Rio Grande do Sul, ainda me proporciona belas memórias. 

Posso dizer com toda a certeza do mundo que este é o post mais difícil que farei neste site, pois é o primeiro de todos. Procrastinei por alguns dias e fiquei por um bom tempo parado na frente do computador esperando que algo surgisse miraculosamente. Mas não é assim que funciona, então resolvi escrever da forma mais livre possível.

Precisamos conversar sobre o meu site, que é o motivo pelo qual você está lendo este texto. Há alguns meses tomei uma decisão que me fez enxergar o propósito das minhas fotografias; o que eu gostaria que elas dissessem e como valorizá-las. Por muito tempo ignorei este sentimento e nunca mantive um portfolio atualizado com as minhas séries, mas em 2018 muita coisa mudou. Eu defini uma reviravolta interna e resolvi de uma vez por todas que este seria o meu projeto para este ano.

Posso apontar dois fatores determinantes para esta mudança: um livro e um filme. Ambos olharam nos meus olhos e disseram: 'está na hora de se mexer'. O livro é "A Maior de Todas as Mágicas" de James R. Doty, um neurocirurgião que descobriu uma "fórmula mágica" para conquistar seus objetivos. E isso soa muito, muito, muito como auto-ajuda, mas não é. O livro é muito interessante e conta uma história real. Se eu fosse você, pesquisaria sobre ele e leria. Apenas isso. 

O filme, que hoje eu considero como o meu preferido, chama-se "Canola". É uma produção Coreana que conta a história de uma avó que perdeu sua neta no meio da multidão e, anos depois a reencontra, porém tudo está diferente. É um filme singelo, lindo e que trata sobre arte de tal maneira que me obrigou a tomar uma atitude em respeito ao meu trabalho.


Enfim, cá estou. Você já deve ter acessado as minhas séries fotográficas no site e, se ainda não o fez, fique à vontade para passear por esse mundinho que criei. Aqui você encontrará projetos de decoração feitos em parceria com galeria de arte, oficinas online e os meus devaneios neste blog. Aqui pretendo conversar e trocar ideias sobre os meus processos criativos e minha relação com esse universo da fotografia.

Sinta-se em casa!